Livro 1 - Cp 41 - Rāja Yoga


CAPÍTULO 41
RĀJA YOGAS
ATHA RĀJA YOGA ADHYĀYA



 _______________________________________________________________________________________

Traduzido por Karen de Witt
© Todos os direitos reservados.
O livro está disponível para leitura on-line, mas não pode ser comercializado.
Somente os Ślokas foram traduzidos, preservando-se o trabalho didático do autor com suas análises e consequentes observações.
_______________________________________________________________________________________




41:1-2. Oh, excelentes dos brāhmaṇes, agora narro abaixo os rāja yogas, o qual pelo mero conhecimento faz a pessoa digna de favores reais. Oh, filho de um brāhmaṇe, falarei sobre a substância destes yogas, o qual nos antigos tempos foi dado pelo senhor Śiva à sua consorte, Pārvatī, a filha dos Himalaias.

41:3-5. Os rāja yogas devem ser conhecidos do kārakāṁśa lagna e do janma lagna. Dois spaṣṭa grahas formando o rāja yoga devem ser bem considerados. Oh, excelente dos brāhmaṇes, um rāja yoga deve ser considerado a partir dos pares de planetas do ātma kāraka e do putra kāraka, e o outro rāja yoga deve ser considerado a partir do lagneśa e do senhor da 5ª  casa. É desta relação e por meio da força de ambos, ātma kāraka e putra kāraka e do lagneśa e do senhor da 5ª  casa, que a plenitude (100%), metade de um (50%), e um quarto (25%) de rāja yoga devem ser entendidos.

41:6-7. Mahā rāja yoga. Deve o lagneśa e o senhor da 5ª casa estarem em parivartana, ou devem os planetas do ātma kāraka (AK) e putra kāraka (PK) estarem no lagna ou na  5ª casa, ou em signos de exaltação, ou em seus próprios signos, ou em seus próprios signos no navāṁśa, recebendo dṛṣṭi de um benéfico, então o mahā rāja yoga é produzido. O nativo assim nascido será famoso e feliz.

41:8. Se o senhor da 9ª casa e o AK estiverem na 5ª ou 7ª casas a contar do ascendente e recebendo dṛṣṭi de um benéfico, ou do kārakāṁśa lagna recebendo dṛṣṭi de um benéfico, esta combinação forma um rāja yoga.

41:9-10. Se benéficos estiverem no 2º, 4º e 5º do lagneśa, ou do AK no Rāśi, a pessoa se torna um rei. Semelhantemente, se maléficos estiverem no 3º e 6º do lagneśa, ou do AK no Rāśi, isso fará do nativo um rei.

41:11. Se Śukra estiver no kārakāṁśa, ou no 5º bhāva do kārakāṁśa, ou no lagna, ou no AL, junto ou aspectado por Guru ou Candra grahas, o nativo irá se relacionar aos círculos da realeza.

41:12. Se o ascendente, ou HL, ou GL, estiverem aspectados mesmo por um único planeta, o nativo será um rei.

41:13-14. Se os Ṣaḍvargas (Rāśi, D-2, D-3, D-9, D-12 e D-30) do lagna estiverem ocupados ou recebendo um dṛṣṭi de um e do mesmo graha, um rāja yoga é formado. Se o dṛṣṭi é cheio, o rāja yoga também será pleno, no caso de metade ou ¼ então o rāja yoga também será diminuído pela metade ou por ¼, respectivamente.

(*) Existem alguns grupos de divisões ‘Ṣadvargā’, 6 divisões, cujo grupo consiste das seguintes cartas: Rāśi, D-2, D-3, D-9, D-12 e D-30;

Nota – Aspecto cheio é pela 7ª casa. Somente os planetas que possuem aspectos especiais (Júpiter, Marte e Saturno) é que possuem o aspecto cheio pelo olhar dos seus aspectos especiais.

41:15. Se os 3 lagnas (Ascendente, Horā e Ghaṭīkā) estiverem ocupados por planetas em seus próprios signos ou em seus signos de exaltação; ou se o ascendente, o drekkāṇa  lagna (D-3) e o navāṁśa lagna tiverem grahas exaltados, então rāja yoga também é formado.

41:16. Se Candra e benéficos estão no AL, conforme Guru está no 2º bhāva do ascendente, e ambos estes locais estão recebendo dṛṣṭis de grahas em exaltação, então se forma um rāja yoga.

41:17. Se lagna, 2ª e 4ª casas estiverem ocupados por benéficos e o 3º bhāva estiver ocupado por maléficos, o nativo se torna um rei ou semelhante a um rei.

41:18. Se um graha dentre Candra, Guru, Śukra e Budha estiver exaltado na 2ª casa, o nativo será rico.

41:19. Se os 6º, 8º, 12º bhāvas estiverem ocupados por planetas debilitados, e o lagneśa estiver em seu próprio signo, ou em exaltação e aspectando o lagna, então ocorre um rāja yoga.

41:20. Novamente um rāja yoga é formado se os senhores do 6º, 8º, 12º bhāvas estiverem em signo inimigo, debilitados ou combustos; ou o lagneśa estiver em sua exaltação ou em seu próprio signo e aspectando o lagna.

41:21. Se o senhor da 10ª casa estiver em seu próprio signo, ou em exaltação, assim como o lagneśa; ou se todos os benéficos estiverem em kendras, então está formado um rāja yoga.

41:22. Se o AK está em um signo benéfico, ou em um navāṁśa benéfico, o nativo será rico; se existirem benéficos em kendras a partir do kārakāṁśa lagna, ele será um rei.

41:23. Se o AL e o darapada lagna (A7) estão em kendras mútuos (1,4,7,10), ou em bhāvas mútuos (sahaja/lābha), ou em koṇas mútuos (5,9), o nativo se torna, sem dúvida, um rei.

41:24. Se o bhāva lagna, Hora lagna, Ghaṭīkā lagna, todos os três, ou somente dois deles, estão aspectados por planetas em exaltação, o nativo se tornará um rei.

41:25. Quando os ditos ascendentes (BL, HL e GL), seus decanatos e navāṁśas, ou os ditos ascendentes e seus navāṁśas estão aspectados pela signo do ascendente (rāśi dṛṣṭi), isso causa um rāja yoga.

41:26-27. Se o AL está ocupado por um planeta exaltado, particularmente Candra em exaltação ou por Guru, ou por Śukra, ou por qualquer outro planeta exaltado, e não houver argalā de maléfico, sem dúvida isto forma um rāja yoga; ou se Candra está colocado no pada lagna (AL), enquanto Guru está na 2ª casa, isto também forma um rāja yoga.

41:28. Os senhores de casas trikas (6, 8 e 12), mesmo se eles estiverem em debilidade enquanto estão aspectando o lagna, isto forma um rāja yoga.

41:29-31. Se os senhores da 4ª, 10ª, 2ª e 11ª casas aspectam o lagna, Śukra aspectando o 11º bhāva do AL, e o AL tendo um benéfico nele, o nativo ser torna um rei ou alguém semelhante a um rei. Se planetas debilitados estiverem no 6º ou 8º bhāva aspectando o lagna, ou se planetas debilitados estiverem no 3º ou 11º bhāvas aspectando o lagna, ou e existirem benéficos em kendras do navāṁśa, o nativo terá o poder de punir ou perdoar.

41:32. Agora falarei dos rāja yogas baseados em seus diferentes locais, em suas dṛṣṭis e yutis.

41:33-34. O senhor da 9ª casa é semelhante a um ministro, e o senhor da 5ª casa é o ministro principal. Se ambos estiverem em aspecto mútuo, o nativo será intitulado um rei. Se eles estiverem em yuti em qualquer bhāva, ou se eles estiverem no 7º bhāva um do outro, então o nativo nasceu em uma família real, certamente.

41:35. O nativo obterá um reinado se o senhor da 4ª casa estiver na 10ª casa e o senhor de karma estiver na 4ª casa e, se estes grahas derem um dṛṣṭi aos senhores da 5ª e da 9ª casas.

41:36. Se os senhores da 5ª, 10ª, 4ª e lagna estiverem em yuti no 9º  bhāva, a pessoa se tornará um governante com fama em todas as quatro direções.

41:37. Se o senhor do 4º ou do 10º estiverem em yuti com o senhor do 5º ou do 9º, o nativo compartilhará um reinado.

41:38. Se o senhor do 5º em yuti com o senhor do 9º ou o lagneśa estiver situado no lagna, o 4º ou o 10º bhāva, o nativo será um rei.

41:39. Deve Guru estar em seu próprio signo e situado na 9ª casa, e em yuti quer com Śukra ou com o senhor da 5ª , e o nativo obterá status de realeza.

41:40. Dois Ghaṭīs e meio (60 minutos) contados de meio-dia ou da meia-noite é um momento auspicioso. O nativo nascido nesta hora será um rei ou igual a um rei.

41:41. Deve Candra e Śukra estarem, respectivamente, no 3º e 11º bhāvas e lançando aspecto mútuo um sobre o outro (por rāśi dṛṣṭi), ou eles devem se aspectarem em quaisquer outros bhāvas, e o yoga assim formado é um rāja yoga.

41:42. Se Candra está forte e está em Vargottamāṁśa, e aspectado por 4 ou mais grahas, o nativo será um rei.

41:43. O nativo se torna um rei se o lagna em uttamāṃśa recebe dṛṣṭi de 4 ou mais grahas, excetuando Candra.

41:44. Se menos do que 3 grahas estão em seus signos de exaltação, então o nativo de um nascimento real se torna um rei, e alguém nascido em qualquer outra família será igual a um rei.

41:45. Se 4 ou 5 grahas estiverem em exaltação ou em mūlatrikoṇa, então até mesmo uma pessoa de nascimento inferior se torna um rei.

41:46. Se 6 planetas estão em exaltação, o nativo será um chakravarti rei (um rei que conquistou nações nas 4 direções de seu reinado), e desta forma os rāja yogas devem ser conhecidos.

41:47. Se um desses grahas, Guru, Śukra e Budha estiverem em exaltação, e os outros benéficos em kendras, o nativo será um rei ou igual a um rei.

41:48. Se todos os benéficos estiverem em kendras e todos os maléficos no 3º, 6º e 11º bhāvas, mesmo com nascimento inferior o nativo se torna um rei.